Um blog sobre nada

Um conjunto de inutilidades que podem vir a ser úteis

A questao do cigarro

Posted by Diego em Julho 24, 2009


Recebi por email  a alguns dias o texto abaixo escitor por um amigo sobre o cigarro. Achei interessante as colocacoes dele entao resolvi replica-las aqui. No final coloquei algumas consideracoes minhas🙂

Senhores Vereadores:

Nos países desenvolvidos não se permite fumar em praticamente lugar algum que seja público. O custo dos cigarros também é elevadíssimo. No Japão recentemente, com a aprovação de uma lei drástica restringindo o consumo de cigarros, existem fiscais nas ruas multando as pessoas que fumam. Acho isso muitíssimo bom.

Acho isso muitíssimo bom láaaaa nos países desenvolvidos aonde os administradores das cidades não têm mais com o que se preocupar. Porque láaa nos países desenvolvidos existe em primeiro lugar SANEAMENTO BÁSICO para a população. Coisa que Bento Gonçalves não contempla em sua totalidade. Nos países desenvolvidos os hospitais funcionam, a polícia não é corrupta e fica vagabundeando atrás de adolescentes pequeno-burgueses a fazer barulho pelas ruas, lá eles perseguem criminosos de verdade.

Em países desenvolvidos aonde o consumo de cigarros é restrito, a lei funciona tanto para os menos favorecidos (se é que isso existe em países desenvolvidos) quanto para o “colarinho branco” da câmera de vereadores de seus respectivos municípios. Não é uma lei hipócrita e imbecil feita para condenar macacos semi-analfabetos e defender macacos de terno e gravata que usufruem de forma descarada do dinheiro do trabalhador através da cobrança exorbitante de impostos federais, estaduais e municipais.

E o mais importante de tudo senhores vereadores: Nos países de primeiro mundo não existe uma EPIDEMÍA DE CRACK consumindo suas cidades tal qual Bento Gonçalves está sendo consumida. Cidade esta, aonde a polícia é tão mafiosa, e fecha os olhos para as bocas de fumo, tanto quanto são mafiosas certas “administrações” públicas que existem por aí, em que certos donos de hotéis mandam e desmandam na cidade.

Por isso senhores vereadores, ao acabar com esta epidemia de crack na cidade, dar saneamento básico e condições dignas de vida a população, os senhores podem vir com leis idiotas como esta, para restringir o consumo de cigarros na minha cidade tão politicamente correta!

Claro que este texto sequer chegará às mãos de qualquer um de vocês que mal sabem ler, e aqueles que sabem, são inteligentes demais para se preocupar com o que, os pobres mortais, aqueles que trabalham para viver, andam a pensar.

Jônatas Luis Maria

Bom, sendo um nao-fumante que esta atualmente morando num pais supostamente de primeiro mundo tenho as seguintes consideracoes a acrescentar: Primeiramente sobre o preco. O Jonatas esta certo em partes. Aqui na Irlanda (e por toda europa) o custo de uma carteira de cigarro eh de aproximadamente 8 euros, mas eu diria que eh praticamente o mesmo preco do Brasil. Explico: apesar de 8 euros ser cerca de 25 reais no Brasil, nao podemos fazer essa comparacao pois no Brasil o salario minimo eh de cerca de R$ 450,00/mes o que daria R$3,00/hora (levando em consideracao um mes de 160 horas de trabalho), enquanto na irlanda eh de 8,65 euros/hora. Ou seja, voce pode comprar uma carteira de cigarro com o salario minimo de uma hora! A GRANDE diferenca esta no que voce faz com esse valor. Enqunato no Brasil com 3 reais voce nao faz, convenhamos, porra nenhuma…aqui com 8,65 euros voce faz um belo de um rancho comprando comida para, sei lah, 3 ou 4 dias…por isso a percepcao de que aqui o cigarro eh MUITO caro.

Bom, minha opiniao sobre a proibicao: apesar de estar adorando o fato de chegar em casa a noite depois de uma festa sem aquele fedor de cigarro empregnado nas roupas, eu sou contra a proibicao. E o motivo eh bem simples: cigarro gera dinheiro. Tenho certeza que o RS arrecada muita grana em cima do fumo produzido e dos cigarros vendidos (sim, tb tenho certeza de que muita dessa grana nao chega ao destino que deveria e vai parar nas maos erradas, mas isso eh um OUTRO problema, um GRANDE problema que tem que ser resolvido tambem, claro, mas temos que analisa-los separadamente). Sou a favor sim de areas separados para fumantes e nao fumantes pois da mesma maneira que o nao-fumante tem direito a nao respirar a fumaca do cigarro, o fumante tem o direito de fumar. Simples assim!

Agora, que nao me venham com aquela hipocrisia de dizer que cigarro mata. Odeio gente que quer proibir o fumo com base nesse argumento. Todo mundo que fuma eh grandinho o suficiente pra saber os maleficios do cigarro e que obviamente quem fuma esta muito mais propicio a uma serie de doencas que eventualmente podem causar a morte. Da mesma meira que quem bebe uma cerveja sabe que pode estar causando danos ao seu figado e quem come uma picanha pingando de gordura sabe que esta entupindo suas arterias, entre outras coisas. Nas tres situacoes, os individuos estao cientes das consequencias que suas acoes podem causar no longo prazo mas as executam da mesma maneira devido ao prazer que elas lhes proporcionam. Alias tudo na vida segue esse principio de sacrificar algumas coisas para se ter outras, isso eh fato. Eu sacrifico 8 horas do meu dia trabalhando pq isso me gera dinheiro pra fazer outras coisas que eu gosto….eu sacrifico 2 horas do meu dia pra ir pra academia pq isso vai me proporcionar uma saude melhor e uma serie de outras coisas do mesmo jeito que eu sacrifico um pouco do meu dinheiro E da minha saude tomando uma (so uma) cerveja no fim de semana (sim, so no fim de semana). E vale esse mesmo principio para o cigarro. Enquanto os fumantes ficarem fumando na area deles, beleza, dexa eles lah.

Botton line is como o Jonatas disse, os problemas devem ser resolvidos em ordem de urgencia e com certeza essa questao dos cigarros nao tah nem perto dos problemas mais urgentes da cidade.

7 Respostas to “A questao do cigarro”

  1. Strike said

    show de bola o texto, mas tu ta tomando soh uma bira no findi? :O

  2. Lucas (Fucão) said

    Faço minhas as palavras do douto colega Diego.
    Infelizmente vivemos em um país que necessita de receitas, e estas, vem principalmente de tributos. Há todo um interesse econômico por trás disto. O IPI sobre o cigarro tem uma alíquota efetiva aproximada de 41,5%.. De acordo com pesquisas o Brasil tem cerca de 32 milhões de fumantes. Fazendo uma média em que cada um fume uma carteira por dia (uns fumam 3, outros fumam meia), gasta-se em média R$ 4,00 por dia. R$ 120,00 por mês. Só de IPI são R$ 50,00. Ou seja, por mês, a União fatura R$ 1,6 bilhões só com o IPI do cigarro. Isto que não estou nem citando o ICMS para os estados. São cálculos feitos por cima, mas demonstram uma realidade. Ou seja, se acabar o fumo, o país corre o risco de afundar hahah

  3. jessica pauletto said

    menin tá todo healthy.

  4. Anderson Pagani said

    “chegar em casa a noite depois de uma festa sem aquele fedor de cigarro empregnado nas roupas”

    Também adoraria isso!

    Mas minha opinião sobre o texto foi ofuscada pela imagem da picanha pingando gordura.

  5. Gutto Becker said

    Cara, fala sério, cosalindia deve ser chegar em casa com a roupa “limpa”, sem precisar passar dois dias no varal pra sair o fedor.

    E replicando o texto do Jonatas, a polícia faz a parte dela. Ou ele não vê nos jornais as bocas de fumo sendo fechadas? O problema é: o que adianta a polícia prender e a justiça soltar? Nem entramos nos méritodos dos presídios.

    E outra coisa. O Brasil é todo errado. Infelizmente, cultura essa, trazida pelos portugueses e espanhóis. Fôssemos colonizados pelos inglêses, holandeses ou franceses, seríamos racistas, burocratas, nojentos, mas pelo menos não seria essa merda!

    Ehehe abraço, Menin!!

  6. Lucas said

    Nem sempre a polícia faz a parte….. aqui em Bento existem locais de venda de drogas conhecidos, todo mundo sabe que existe, até a polícia, ou alguns da polícia….mas continuam lá…. mesma coisa aqueles idiotas do POE….. pra ir meter pânico na galera que tá tomando uma cervejinha em paz no posto, eles vão. Agora, entrar lá no municipal pra baixo, acabar com o tráfico, nem pensar…..contra 2, 3 playboys são machos, pra ir enfrentar bandido de verdade se cagam hahahaha

  7. Lucas said

    Complementando o comentário do Becker, a questão acaba se tornando política…..a polícia prende..a justiça não solta porque quer…. simplesmente tem um presídio por exemplo que cabem mil pessoas, com 3 mil….. vão botar essa gente aonde? não tme o que fazer a não ser soltar….a justiça acaba tendo que escolher…….temos que prender os mais perigosos e deixar os “menos perigosos” soltos….infelizmente é a política.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: