Um blog sobre nada

Um conjunto de inutilidades que podem vir a ser úteis

Loki e o Construtor do muro

Posted by Diego em Setembro 22, 2008


      Continuando na linha das histórias nórdicas, vou falar sobre o episódio da criação do muro ao redor de Asgard onde o “protagonista” (nesse caso o que faz a merda) é o Deus Loki (Filho de Odin, considerado o Deus dos truques, da trapaça e do sexo, sempre associado com os ladrões).
Para entender esta e as próximas histórias, também vale acrescentar que Deuses e Gigantes são inimigos, então um está constantemente tentando eliminar o outro.

Cap. 2 Loki e o Construtor do muro

          Os Deuses perceberam que ao construir Asgard, esqueceram de construir uma muralha para que a protegesse. Isto foi percebido também por um cavaleiro que ao passar por perto da cidade, e identificar-se como o melhor construtor do mundo, ofereceu seus serviços para erguer o muro. Disse que precisava de 18 meses para fazê-lo e como pagamento queria casar-se com Idun, deusa da juventude que cuidava do pomar onde brotavam as maças da juventude que faziam os deuses permanecer sempre jovens e saudáveis.
          A princípio os Deuses foram fortemente contras, mas Loki disse que se o muro tivesse construído em 6 messes trabalhando sozinho, o trato etária feito (imaginado que ele não conseguiria e teria que entregar a obra parcialmente feita).
           Apesar do pouco tempo, o construtor trabalhou arduamente com seu cavalo Svadilfari (traduzindo, “escravo”, ou possivelmente “condenado”) e faltando cinco dias para o termino o muro estava quase proto. Os Deuses ficaram preocupados e mandaram Loki dar um jeito de resolver o problema. Ele transformou-se numa bela égua branca e seduziu o cavalo do construtor para fugir com ele.
            O construtor então, percebendo que não iria conseguir terminar a obra sozinho, resolveu assumir sua forma natural de gigante para tentar completar a tarefa. Odin ao ver isso chamou seu filho Thor e pediu que usasse seu martelo Miollnir para derrotar o gigante. Thor ao encontrar o gigante atirou seu martelo esmigalhando sua cabeça logo antes dele colocar a última pedra no muro.
           Loki por sua vez desapareceu um bom tempo de Asgard até que retornou trazendo um cavalo negro de 8 patas (que no caso era filho dele, na forma de égua, com o cavalo do gigante) chamado Sleipnir (o seu nome significa suave ou aquele que plana no ar), o mais veloz do mundo que deu de presente para Odin no intuito de que ele esquecesse do incidente.

3 Respostas to “Loki e o Construtor do muro”

  1. jonas said

    hauhauahuahauahua loki alem de uma mala é gay??

  2. Rodolfo said

    Sim, esse Loki vai ter que ter no brasão… se encaixa perfeitamente no nome da máfia…”considerado o Deus dos truques, da trapaça e do sexo, sempre associado com os ladrões”

  3. Samael said

    Pssss… Aposto que Loki não fez nem um esforço para escapar do cavalo que “vinha por trás”.😀
    Some essa com aquela em que o mesmo Loki convence o Thor a se fantasiar de Drag queen para ir no casamento com um gigante e já podemos começar a supeitar seriamente da masculinidade dos deuses nórdicos!😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: