Um blog sobre nada

Um conjunto de inutilidades que podem vir a ser úteis

Primeiro Post

Posted by Diego em Agosto 22, 2008


Tentativa de Blog Número 2 hehe

     Vou colocar um texto que escrevi sobre Mitologia Nórdica. Na verdade é um resumo que fiz do primeiro capítulo do livro que ganhei de formatura do meu amigo “Tiu Will”,  “As melhores histórias da mitologia Nórdica” dos autore A.S. Franchini e Carmen Seganfredo.  

Vale lembrar que foi na mitologia nórdica que o Tolkien se baseou pra fazer o sr. dos anéis!  

Conforme o tempo for passando coloco o resumo dos capítulos seguintes.  OBS: o resumo é bem chinelão (ou chinelês, com dizia um professor meu), é uma linguagem coloquial bem pra “entender a história”

Cap 1. A criação

              Primeiro havia o caos que era o nada. Nele haviam 3 reinos, o vazio, o reino do fogo e a terra da neblna (Ginnungagap, Musspell e Niflheim). Assim foi durante muitas eras, até que a névoa começou a subir do reino da neblina para o abismo de Ginnungagap formando um bloco de gelo

            Do reino do fogo desceu ar quente que derreteu o bloco de gelo e o gelo derretido pigou e formou um gigante chamado Ymir. Após várias eras, o suor de Ymir misturou-se a água do gelo e deu origem aos primeiros seres vivos. Debaixo de seus braços  surgiu um casal de gigantes e estes gerarm outro, chamado Thrudgelmir que por sua vez gerouBergelmir que originou toda espécie de gigantes.

            Do gelo também surgiu uma vaca chamada Audhumla que alimentava Ymir e uma criatura chamada Buri que foi a progenitora dos deuses. Seu primeiro filho Bor que casou-se coma  giganta Bestla e tiveram 3 filhos,  Wotam (odin), Vili e Ve. Os quatro deuses derrotaram Ymir e os demais gigantes, exceto por um casal que fugiu Bergelmir e sua companheira, que se refuriaram em Jotunheim, a terra dos gigantes onde geraram outros.

            Dos restos de Ymir foi feita a terra média (midgard): de sua carne foi feita a terra, de seus ossos e dentes as montanhas e pedras e de seu sangue os rios. Wotan fez com que 4 anões colocassem a caveira de Ymir no céu, cada um em um dos pontos cardeais. Das faíscas da terra do fogo brotaram o sol, a lua e as entrelas e do cérebro de Ymir as nuvens.

            Wotan descobriu vermes na carne de Ymir, que separou entre Anões, indo morar nas profundezas da terra (Svartalfheim) e elfos (os vermes um pouco melhores) e que foram morar em Alfheim.

            Wotan e seus irmãos encontraram 2 troncos e fizeram o homem e a mulher, Ask (Freixo) e Embala (Olmo). Wotan deu a vida e o alento (animo), Vili a inteligência e sentimentos e Vê a visão e audição.

            Wotan decidiu que os Deuses precisavam de uma moradia e criou Asgard. Mandou construir a ponte Bifrost (ponte do arco-íris) que ligava Midgard a Asgard. Heimdall era responsável por guarda-la.

            Em Asgard, Wotan possuía seu palácio, Gladsheim onde possuía seu trono mágico, Hlidskialf onde observava os 9 mundos. Recebia informações de seus 2 corvos, Hugin (pensamento) e Munin (Memória).

            Existia uma árvore chamada Yggdasil, que se eleva por cima do mundo e tem raízes em diversos reinos, inclusive Asgard. Esta árvore é o centro do mundo e enquanto ela existir o mundo estará firme e a vida será soberana ob o auspício de wotan.

            Nessa árvore Wotan ficou pendurado durante 9 noites com uma lança em seu peito para que pudesse aprender o significado do culto das Runas (alfabeto nórdico que rege e governa a vida dos Deuses e dos homens). Depois do fim de seus martírio, Wotan tornou-se o Deus mais sábio e poderoso capaz de curar doenças e derrotar seus inimigos com sua lança Gungnir.

            Abaixo de Midgard estava Niflheim o reino dos mortos onde pontificava a deusa dos mortos Hel, filha de Loki que possuía a seu lado a serpente Nidhogg que se alimentava dos mortos e roía uma das raízes de Yggdasil.

            Acima da árvore sobrevoa uma águia que vive em guerra com a serpente e trocam insultos através de Ratatosk um esquilo que vai do alto da árvore até suas raízes.

6 Respostas to “Primeiro Post”

  1. Jonathan said

    Fala Menin!
    Cara eu não conheço a história, mas o que tu escreveu eu consegui entender!huehuehe
    Muito bom!
    Continua a história ae!

  2. Samael said

    Aee, Menin!
    Eu tenho esse livro e adoro mitologias em geral e a nórdica em especial. Alias, muito interessante a crença dos nódicos que dizia que um homem só ia para o céu (Valhala, ou algo assim) se morresse EM COMBATE. Dá para entender porque as outras nações temiam tanto os vikings…🙂

  3. jonas said

    lol, menin num tinha sido a vaca q pariu tudo????
    hauhauahuahauha

    prefiro muito mais a versão resumida…

    outra coisa o samuel falo ali sobre os vikings, q normalmente eram dinamarqueses.. e sim p eles era um insulto morre sem uma espada na mão.. e se isso acontecesse ele iriam p terra da neblina p viver vagando como pessoas sem honra.. tanto que normalmente quando uma rixa de sangue (que era algo como ter matado algum familiar) e esta pessoa qria tirar a honra da outra era matar tirando a espada da mão.. mata-lo desarmado…

    abrazzzz
    PS:. aprendi isso lendo bernard cornwell.. muito bom p qm gosta deste tipo de mitologia…

  4. Lokishade said

    Nidhogg era um Dragão na história original e não a serpente..
    A serpente era a Jormungand( +- assim q se escreve) Filha de Loki com a giganta Angrboda (Portadora de Sofrimento), “Loki engendra Jormungand (a serpente de Midgard), o pavoroso lobo Fenrir e Hel (a Morte)”
    =D

    • Diego said

      e ae…olha so…nao sei hehe
      como eu falei eu simplesmente resumi um capitulo do livro, nao fiz pesquisa…agora olhando no google realmente vi que o tal do Nidhogg eh mais referenciado como um dragao do que como uma serpente, contudo encontrei isso:

      Níðhöggr, ou Nidhogg, cujo nome significa “devorador de cadáveres”, é a enorme “serpente ou dragão” gigante que vive em Niflheim, o mundo inferior nórdico.

      ou seja, acho que depende da interpretacao, ateh pq dragao e serprentes sao criaturas “parecidas” de certa forma. Vale lembrar tb que a fonte daonde tirei o texto aparentemente eh confiavel pq eh um livro, nao qualquer pagina na net (como essa haha)

      Enfim, obrigado pelo comentario🙂

  5. Fernando said

    Muito legal! Tb gosto demais deste livro, como de mitologias em geral. E e quem tem, como eu tive, a curiosidade de conhecer a autora desta Mitologia Nórdica e de outras diversas mitolgias, confira video abx:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: